Crítica | Férias Frustradas – Comédia que se tornou um...

Dessa vez, é Rusty, o filho da família original, quem assume as rédeas das novas “Férias”. Ao lado de sua família, a mulher (Christina Applegate) e os dois filhos (Skyler Gisondo e Steele Stebbins), Rusty, agora interpretado por Ed Helms (o Stu dos filmes Se Beber, Não Case), decide recriar a icônica viagem de seus pais para dar novo sangue à relação com os familiares. O protagonista “filho de peixe” recebe contornos de personalidade que não ficam devendo nada ao patriarca Clark. Se formos ser detalhistas, vale lembrar que Rusty sempre foi mais esperto na juventude, e não tão abobalhado como o pai.

A persona de Helms casa perfeitamente com a ideia do homem comum, ingênuo, que nada contra a maré para não ser um completo perdedor. As referências aqui são inúmeras e para os familiarizados com o clássico o filme ganhará novo sabor. Desde o carro estranho escolhido como condução para a viagem (que rende algumas das melhores piadas e uma surpresa no final) passando pela nova bonitona num carrão vermelho (e o desfecho de tal momento), até o nível de piadas incorretas contidas por minuto, Férias Frustradas (2015) é uma digna homenagem ao filme dos saudosos John Hughes e Harold Ramis

Crítica | Férias Frustradas – Comédia que se tornou um...

 Crítica | Férias Frustradas – Comédia que se tornou um...

Envie uma Mensagem

Um email será enviado para o proprietário

Entre em Contato

Redes Sociais